domingo, 2 de outubro de 2011

Felipe e o Trem da Morte – Death Train

Ano - Year: 1985


                Este post, assim como outros que temos sobre as aventuras de Felipe Wasser neste blog, não tem muito texto, mas tem muitas imagens – o que nos agrada muito.

                This post, like others we have about the adventures of Felipe Wasser in this blog, doesn’t have much text, but has many pictures - which we like very much.


                Felipe um dia resolveu ir até Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, sozinho, usando como transporte o famoso Trem da Morte, partindo de Corumbá, MS.

                Felipe one day decided to go to Santa Cruz de la Sierra, Bolivia, alone, using as transport the famous Death Railway, going out from Corumba, Mato Grosso do Sul State.


                Quando soube que havia muitos traficantes e ladrões no caminho, tomou a iniciativa de usar roupas velhas e até mesmo um chapéu velho, para tentar se misturar no meio da multidão.

                When He heard that there were many drug dealers and thieves on the road, took the initiative to wear old clothes and even an old hat, trying to mingle in the crowd.


                O fato é que, como vocês podem perceber, mesmo mal vestido, ele ainda se destacava das pessoas ao redor.

                The fact is, as you can see, even poorly dressed, he still stood out from the people around.


                Felizmente, a fama do trem se deve mais ao fato de muitas pessoas que participaram da construção da linha do trem terem morrido de malária do que de assaltos e assassinatos propriamente dito.

                Fortunately, the fame of the train is due more to the fact that many people who participated in the construction of the railway line had died of malaria than of robberies and murders itself.


                Felipe foi só, e trouxe desta viagem vários instrumentos musicais típicos da Bolívia, além de manta de lhama e outros presentes para a família e amigos.

                Felipe was alone, and from this trip He has brought several musical instruments, typical of Bolivia, and llama blanket and other gifts for family and friends.



                O que me chama a atenção é sua coragem de fazer uma aventura como esta sem nenhuma companhia. Uma de suas frases prediletas era: “... quem vai, vai... quem não vai, fica...”, e quem ficava pensando se iria ou não, ficava pra trás.

                What strikes me is his courage to do an adventure like this without any company. One of his favorite phrases was: "... who's going, is going ... who will not go, stay ...", and who stayed thinking if would or would not go, stood behind.

2 comentários:

  1. Wonderful post and loveley pictures. Love it!.Thank you!

    ResponderExcluir
  2. These pics are old, but its aways nice to see them again.
    Tks.

    ResponderExcluir